sábado, 5 de maio de 2018

Limite

Existe?

Mesmo?

Até quando, onde que termina?

Mostrem o fim!

O gelo derrete, a armadura, já enferrujada, não aguenta mais os golpes.

Aguardando aquele dia de sol, radiante, que leve embora essa ilusão toda!

O que viraram? Olhem-se! A farsa, sempre esteve lá!

Esperemos aqui, algo que nunca se foi... Isto!





Fiquem firmes,



Gibran Laux..



quarta-feira, 21 de maio de 2014

Morse

Avisem aos demais, que a vida acaba aos 15 anos de lazer.

Avisem também, que nada de especial que tu faça, seja tão eterno que não possa ser estregado por vocês mesmos.

Avisem que, se existe um estilo de vida, esse, foi apenas uma extensão do mais puro sentimento que habitou dentro de nós, nesses 15 longos anos.

Hoje, o escorpião ferroou a si próprio, sentiu todo seu veneno correndo pelas suas próprias veias.

Tudo acaba. Tudo termina. Tudo encerra. Debandar...

"Caça livre"...



Fiquem firmes,



Gibran Laux..




terça-feira, 6 de maio de 2014

Iguais

"Primeiro, eles dizem que você vai ser educado.

Depois, eles dizem que você precisa fazer sucesso...

Você pensa diferente, faz uma banda, e resolve mudar o mundo.

Mas as coisas dão muito pouco certo.

 E aí você muda, e vem o trágico... você vai se tornar mentiroso, gordo, corrupto e infeliz.

 E é isso que eles querem... exatamente isso..."


Lima, Rodrigo.


Cada um com o herói que merece...



Fiquem firmes,



Gibran Laux..

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Anualmente

Finados, será sempre uma data feliz, uma data onde juntaram-se, onde viveram intensamente uma ilusão, uma ilusão com data e hora pra encerrar.

Hoje, a sua canção toca, eu sigo escutando, e sei que jamais voltará, acredito no final, e esse, não é um final feliz. Triste gelo, feliz sentimento. Seguirá dentro das suas linhas de esperança...

Escreveu de madrugada, na certeza de que do outro lado mundo, teria sol, e seria um dia radiante, como aquele inesquecível feriado.

"Lembrar você, me faz acreditar que posso te esquecer..."




Fiquem firmes,



Gibran Laux..

sexta-feira, 12 de julho de 2013

Retornar!

Caminhos nem sempre são tão difíceis de reencontrar.

O dia que o cabelo cair por completo, quando os dedos estiverem calejados de esfregar, pra cima e pra baixo, naquele cordão de aço, e sua voz desaparecer, talvez seja a hora de se tornar comum.

Companheiros de longa data lembrarão sempre dos bons momentos. Te abraçarão nos momentos frustantes e serão pioneiros em se auto intitularem obesos.

Apenas o querem, é voltar a fazer poesias, para despertar o seu "eu".




Fiquem firmes,



Gibran Laux..

sexta-feira, 1 de março de 2013

Era?

Desde que evaporamos, alguns pontos eram claros e objetivos, dentro de circunstâncias e prazos de validade. Algo irreal. Coisa insana. Fora de controle. Culpamos o exagero, e a insegurança. Nem mesmo respeitando o vácuo... diretamente tentando esclarecer algo que jamais aconteceu. Algo que nunca saberemos se existiu, se foi verdade e se queríamos.

O água virou gelo. O super herói congelou. O sentimento não sabemos onde foi parar.

O sangue é rocha, a alma é ferro. Pensamos se existe algo eterno...

Pois se pode existir um sentimento mais ingrato, mais injusto e mais covarde, é o amor!



Fiquem firmes,



Gibran Laux..

sábado, 3 de novembro de 2012

Há escolha!

Seja forte, seja bravo, honesto, simpático e usufrua dos nossos sentimentos.

A forma na qual escolhem viver, é nada mais do que a mais desafiadora, apenas alguém sem moral, aceitaria um convívio com data e hora marcada para começar e terminar.

Se lhe buscarem no determinado ponto, seria capaz de ir junto viver essa aventura. Viver intensamente a aventura racional e a irracional. Apenas pelo fato de lhe colocarem nesse desafio, bastou para "evaporar" e buscar novamente a felicidade.

A troca existe, como tudo na vida. A escolha... Há escolha!




Fiquem firmes,



Gibran Laux..